quinta-feira, 16 de setembro de 2010

JACUTINGA & JAKUTINGA



Imagem by Báu das Jaku's





Um dia ainda vou contar "COMO NASCERAM AS JAKUTINGAS", mas posso garantir, nos divertimos pacas com tudo isso e damos muitas gargalhadas...(rsssss)


"Tem uma teoria de emoções que diz que a gente fica alegre porque ri." (Clarice Lispector)


Beijos, Giu




A Jacutinga (Pipile jacutinga), é uma ave da família dos cracídeos de ocorrência na Mata Atlântica no Brasil, mede cerca de 75 cm, alimenta-se de frutos e alguns invertebrados; sendo até as décadas de 1950 e 1960, relativamente comum nesse habitat. O desmatamento e a caça predatória, reduziram drasticamente as suas populações, sendo atualmente uma espécie em via de extinção. Diversos programas de reprodução em cativeiro têm sido bem sucedidos, com a reintrodução sistemática dessas aves na natureza. Essa ave efetua migrações altitudinais, acompanhando a frutificação de diversas árvores da floresta, principalmente as dos palmiteiros; sendo que, a exploração predatória dessa palmeira, cujos frutos são um dos principais alimentos da Jacutinga, também tem contribuido para a sua decadência populacional.

As JaKutingas são seres humanos do sexo feminino, animal bípede da ordem dos primatas pertencente à subespécie Homo sapiens sapiens. Menina é termo usual para uma criança humana do sexo feminino e o termo moças para uma fêmea humana adolescente ou jovem adulta, termos que não se encaixam definitivamente às JaKutingas, nem menina nem moça. O termo Mulher, seria o mais indicado para as JaKutingas com inicial maiúscula e o K, são comuns no meio urbano e no rural também, onde se sentem bem à vontade, sendo que algumas da espécie são assumidamente URBANAS. O desmatamento não atinge muito esta espécie e nem a caça, afinal elas é que são as caçadoras. Quanto à reprodução, são totalmente independentes, as que já se reproduziram juraram não quererem mais, querem o MACHO apenas para usufruto vitalício, uma semelhanças com as Jacutingas com C é o gosto pelo "PALmiteiro".

São guerreiras, independentes, saem em bandos mas quando avistam a presa se dispersam, são muito bonitas, atrativas, seduzem as presas com sua beleza e jeito frágil, mas são vorazes e matadouras.

Ao avistar uma Jacutinga, prepare sua câmera e fotografe, se avistar uma JaKutinga, pense bem, e sai correndo ou se atire ao bel prazer! Eu conheço, quem avisa amigo é, rsrsrs...


by H.Salum



*Texto sequestrado do Blog do Camaleão
http://ocamaleaosalum.blogspot.com/?zx=65863620e2cfacc3




SUPER-MULHER - Ana Cañas

Super-Mulher
Super-Mulher
É de capa voadora
Domadora de Leões



video


3 comentários:

  1. Só quem conhece uma JaKutinga sabe a intensidade disso...

    ResponderExcluir
  2. aai eu vi vantagem hein! hauahahuahuuh

    ResponderExcluir
  3. Aos que quiserem correr
    Que sigam em frente
    Jakutinga sabe ser doce
    Mas, precisando, será melancia quente*.
    hahahahahaha

    *Louca prá fazer mal prá alguém

    ResponderExcluir