quarta-feira, 31 de março de 2010

DEScoberta


Imagem by Daniela Sousa

A alma desnuda
Segredos revelados
Enigmas desvendados.

Quanto mais tento negar
Mais quero te amar
Ser tua.

Te falo besteiras
Procuro mil maneiras
De te deletar.

E quando não te tenho
Invento desculpas para não chorar
Quem mandou provocar?

by Giu

terça-feira, 30 de março de 2010

Ele por ele mesmo...



Ele por ele mesmo:
O abusado...
O convencido...
O metido...
O insuportável...
O prepotente...
Mas...
DELICIOSAMENTE ADORÁVEL!!!

E por minha conta:
O desbocado...
O divertido...
O versátil...
O ousado...
O talentoso...
Enfim...
UM ADORÁVEL CAMALEÃO!!!

by Giu e Salum H.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Cartas marcadas?


Imagem by Vargas

Este poema tinha outro final, mas o meu poeta camaleão sugeriu outro, aceitei na hora. Era o final que eu queria, só não sabia (rs)...

Um jogo de cartas marcadas
Não sei que carta ainda preciso
Ou se você tem algum curinga na manga.

E esse seu medo de que eu faça uma trinca
Será que eu faria mais pontos?
Ou só vale a sua?

Quem vai dar as cartas?
O valete não veio
Por que tanto três preto?

Bati, vamos contar os pontos?
Acho que perdi,
Não, ganhei, com uma trinca de Ases...

by Giu

domingo, 28 de março de 2010

Teu guerreiro, feiticeiro...Teu amar.


Imagem by Fabiano

A resposta para CAIXA DE PANDORA...

Sou teu guerreiro feiticeiro
Das batalhas e travesseiros
Apolo é meu capitão
Shiva me tranquiliza
Sou Prometeu
Acorrentado aos seus pés
Conheço a força das águas
Que faz flutuar
Nas loucuras do meu amar
Nas águas puras do seu beijar
E é por isso que agora e para sempre
O meu destino é te amar, te amar...

by Salum H.

sábado, 27 de março de 2010

Xeque, talvez mate...


Imagem by Paulo Calafate



O meu amor pode estar entrando em choque, quem sabe em xeque, mate. Não consigo controlar minha possessividade, a minha vontade de exclusividade, a minha insaciedade e a sua pouca disponibilidade. Muitas vezes traduzo as suas falas de maneira que justifique uma ruptura, mas você sempre contemporiza e coloca a culpa na escrita, e nessas horas, não sei se continuo te amando ou se te maltrato.

Não quero me perder de você nem tampouco que você se perca de mim, mas a vida parece querer eu longe de você e você de mim. Você tem disciplina e eu transbordo obsessões, o seu amor parece ser tranquilo e imutável enquanto o meu é urgente e instável. Às vezes não suporto esse seu jeito "dentro dos eixos", esse amor de horários e as nossas culpas dentro do armário. Ah! Tantos são os enigmas guardados, muito mais do que a minha ansiedade pode suportar.

Também são tantas as vezes em que tenho uma vontade louca de te contar o que tão longamente em mim se acumulou, as minhas ranhuras escondidas, os meus medos. A vontade que eu tenho de que você decifre os meus códigos, me tire todas essas coisas da cabeça, me envolva nos seus braços, me olhe nos olhos e mergulhe no meu infinito para nunca mais submergir.

Não me deixe só...

PORQUE EU SEI QUE É AMOR

Porque eu sei que é amor
Eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor
Eu não peço nenhuma prova...

by Titãs


video

sexta-feira, 26 de março de 2010

Febre


Imagem by Dirceu Garcia Junior

Ainda não é lua cheia
E uma febre me domina
Urgência de asas, de arrepios
Toque macio, delírios
Sinto cheiro de sexo no ar...

by Giu

quinta-feira, 25 de março de 2010

POEMAS para nossa tela e letrinhas de barros


Imagem by Paulo Madeira

Hoje presenteio vocês com três poemas do meu grande amigo Marcos Castro. Segundo o poeta, ele faz uma leitura do homem contemporâneo, um homem que pode parecer tão próximo e ao mesmo tempo tão perdido na multidão. O homem entre a ficção e a realidade...

Ele

O tempo range.
O homem sem amor
serena.
As estrelas caem solitarias no abismo.
O desenho do vulto sob a calçada
vai se apagando a cada amanhecer.


Chovendo

Rápida.
A chuva desanda.
Estou só.
A vida me separa em descaminhos
O que ficou perdido
Em algum lugar?
Não durmo.
Escuto o torrencial
Relâmpagos acordam-me a sina.
O tempo
me alonga por demais.


Neve

Frio.
A rua deserta
O rio gelado
A vida que dorme em mim.

by Marcos de Castro

quarta-feira, 24 de março de 2010

QUERO VC AGORA, 21:50 - 19.03.2010


Imagem by Fernanda Nougueira

Quero vc agora
Quero vc assim
Quero vc a mim
Te quero suada
Molhada
Excitada
Quero vc desejada
Quero vc arrepiada
Quero vc derramada
Quero só vc
Quero só com vc
Quero só em vc
Quero vc agora
Colar meu corpo suado
Ao seu desejado
Num único calor
Num único prazer
Num único excitar
Num único gozar
Quero vc agora

by Salum H.

terça-feira, 23 de março de 2010

Vou te dar...


Imagem by André Cassio

Vou te dar um sonho, pra você sonhar comigo
Vou te dar o céu, pra você voar comigo
Vou te dar o pôr-do-sol, pra você viajar comigo
Vou te dar um código, pra você decifrar comigo
Vou te dar meu mundo, pra você viver comigo
Não vou te dar meu coração
Faz tempo que ele já está contigo...

by Giu

segunda-feira, 22 de março de 2010

Medo de ter medo, de ter medo...


Imagem by Yaku-za



Esse comentário, de tão lindo, tive que publicar.



Não tenha medo menina...
moça...mulher...
Não sabes o poder que tens?
Da sedução, da ilusão e da paixão?
Não tenhas medo mulher de Afrodite
Acredite...
Permite...
Hahahahahaha... eu rio de ver seu poder
Queria eu poder ter...
A sedução...a ilusão...a paixão...
é, a ladra do meu coração!

by Salum H.


PS.: Roubei, tá roubado. Não vou devolver...rsrs

TARDES DE PAIXÃO


Imagem by Salum H.

Da sua pele em minha pele, loucura sem fim
Na cama macia, uma paixão nascia
O seu desejo matando a minha sede
A minha fome saciando o seu corpo
Num ritmo suado, molhado
Sussurrando no ouvido
Gemidos, palavras de amor

by Giu

domingo, 21 de março de 2010

Saber amar...


Imagem by Manuela Viegas



Adoro surpresas, ser surpreendida. Surpresa é um susto, vertigem, cilada, um prazer inesperado. Você já imaginou permitir ser surpreendido, deixar para trás todos os códigos secretos aprendidos, as táticas e estratagemas? Só para dar à surpresa o seu devido valor? Planejar a vida não significa uma maneira de evitar a emoção, e se for, que tédio, não? Mas qual a maior surpresa de todas? Surpreender-se a si mesmo, descobrir-se apaixonado, sentir o coração disparar com a chegada e ficar pequenininho com a partida.

Mas para isso é preciso "saber amar, saber deixar alguém te amar". Como disse Artur da Távola, "Não basta dar amor. Não basta amar. É igualmente enigmático saber receber o amor (...) Saber receber, portanto é a arte. É a capacidade de fazer belo e importante o que se tenha. É a arte de bastar-se com o real em vez de chorar o impossível. É saber fazer feliz quem dá o amor pois este se sentirá capaz de dar muito. É arte para poucos".

E nesse mar de emoções é preciso também achar delicioso dormir nos braços de quem se adora e ficar com a cabeça encostada no seu peito, desejar olhar seu rosto e amar olhando nos seus olhos. Não precisar impressionar nem se defender todo o tempo, ter um silêncio íntimo que não necessita ser preenchido por palavras vagas, pois é todo preenchido de carinho e afeto.

Como é maravilhoso curtir os momentos juntos e, tirar, a cada oportunidade, o peso devastador das expectativas, porque é da leveza que nasce a harmonia e faz o amor florescer a cada dia. Por isso tudo, não tema ser pego em flagrante amando, não tenha medo da sinceridade, de abrir o coração e contar o tamanho do amor que sente. Não tenha medo de dizer eu quero, eu gosto, estou com vontade, EU TE AMO...

Eu confesso que ainda tenho medo, mas estou tentando...

by Giu

sábado, 20 de março de 2010

EU GOSTO DE GENTE, EU PRODUZO ESCRITA...


by India Lua Selvagem

EU GOSTO DE GENTE, EU PRODUZO ESCRITA...
GOSTE DE MIM COMO QUISER, SINTA O QUE ESCREVO...


Gosto,de gente
Produzo, escrita
Calor, amor, emoção
Escrevo!

Leia-me como quiser
Entenda-me como quiser
Mas se for me consumir
Me devore
Me entenda

Ouse, abuse
Atue, a toa, a quem
A mim, a você e a ninguém
Escrevo para você, para mim

Para quem quiser me ler
Me reler, decifrar
Cuidado para não se embaralhar
Porque eu gosto de gente
E escrevo para quem quiser ler
Nada tão fácil, hábil
Difícil de entender
Mas se você quiser
Deixo você me ler...

by Giu & Salum H.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Caixa de Pandora...


Imagem by Fernanda Nogueira

Sou a guardiã de todas as magias
Das mandrágoras, beladona
Abro a caixa de Pandora que eu quiser.

Sou filha de Afrodite, Kali me ilumina
Íntima dos deuses
Sou eu quem governa as marés.

Sou passional
Conheço a sabedoria do fogo
E onde se nasce, morre ou enlouquece.

Nas horas incertas saio para me banhar nos raios de luar
E é por isso que agora e para sempre
O seu destino é me amar...

by Giu

quinta-feira, 18 de março de 2010

Flores de Jasmin...


Ooo leva eu?

Mas me leva de verdade
Me deixa no colo de Orfeu
Me diz que ele me prometeu
Me tira bem longe do meu eu
Do seu eu

Ooo leva eu…

Crie asas e me faça voar
Sonhar
Despertar
Quem sabe um dia amar.

Ooo leva eu

Mas me leva simples
Do meu jeito menino
Atrevido…bondoso…
Sorrindo…sempre sorrindo

Ooo leva eu

Mas jura pra mim
Que vai sempre até lá
Me levar as mais belas
Flores de Jasmim

Ooo leva eu?

by Salum H.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Suspicious Mind

We're caught in a trap
I can't walk out
Because I love you too much baby...

by Elvis Presley



video

Te devoro


Imagem by Bernardo Coelho

Resposta ao poema Decifra-me do Blog: http://ocamaleaosalum.blogspot.com/

TE DEVORO

Não te decifro
Devoro-te
Absorvo
Sugo
Mastigo
Lambido
Suado
Molhado
Gemido
Sentido
Te ligo
E digo
Devora-me
Ou te decifro

by Giu

terça-feira, 16 de março de 2010

SEU PECADO SOU EU...


Imagem by A. Priesnitz

A resposta para o MEU PECADO...

SEU PECADO SOU EU

Vou em você mulher sedenta
E vou rápido
Segura teu coração
Que o abandono acabou

Vou em você com um louco desejo
Louco pelos seus beijos
Seu pecado sou eu
Esqueça o que sofreu

Vou pois não sou proibido a você
Mulher malícia
Saciar sua sede de pecado
Vai ser a minha delicia

Vou mulher minha
Me enrolar a você feito linha
Que me perca em suas curvas
Que me mate de paixão

Quero enlouquecer
Nos teus braços adormecer
Esquecer, enlouquecer...me perder

by Salum H.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Salto alto...


Imagem by L Dulac

Não sei como, de repente
Rompe-se uma barreira
Dois destinos se separam

A lembrança arranhando as paredes
A alma ainda um pouco carregada
A dor no peito esmagando a matéria

Calço os saltos e a coragem
E caminho segura pelos desafios
Serena, mansa, iluminada...

by Giu

domingo, 14 de março de 2010

Suspiro...


Imagem by Gutyerres

Suspiro gera arrepio
Move desejos
Deixa macio o corpo
Lânguido de bravio

Suspiro faz chorar
Tremer o corpo
Arder a pele
Até quase delirar

Suspiro revela segredos
Vontades guardadas
Dissipa todos os medos
De se entregar

by Giu e Johnny Love

sábado, 13 de março de 2010

Meu pecado...


Imagem by José de ALmeida

Que me venha esse homem sedento de amor
Mas que venha logo
Porque o meu coração
Anda meio abandonado

Que me venha esse homem louco de desejo
Mas que venha logo
Porque o pecado mora ao lado
E às vezes telefona

Que me venha esse homem proibido
Mas que venha logo
Porque a minha sede de pecado
Anda solta pelo vento

Que me venha esse homem
Que deixe de lado suas artimanhas
Seu medo de se perder
De se entregar a paixão

Que deixe a lucidez de lado
E venha para os meus braços
Para arder, enlouquecer, se perder...

by Giu

sexta-feira, 12 de março de 2010

Jaku's



Somos amigas
De gêmeos e gênios
Somos do sol
E de lua também
Somos guerreiras
Somos gueixas
Entramos no cano
Nunca pelo cano
Muitas conexões
Somos do bem
Perigosas e malvadas também
Somos poesia
Versos e toda prosa
Perigosas
Somos Jakutingas
E amadoras também...

by Giu

quinta-feira, 11 de março de 2010

Te guardo...


Imagem by Pedro Cabral

TE GUARDO

Te pego
Te esfrego e renego
Te intrigo
Te avanço
Te atiço
Te amasso
Te lanço na cama
Te enlaço
Te atraco
Te passo e ultrapasso
Te agarro
Te uso e abuso
Te abraço e caso
Te apanho
Te canso
Te banho e te ganho
Te guardo
Te amanso
Te cuido
Te quero comigo...contido...fundido.

by Salum H.

Me guarda...


Imagem by Luciano Melo

ME GUARDA

Me pega
se entrega
se larga
se intriga, comigo.
Me avança
me atiça
me amassa
me lança, na cama.
Me enlaça
me ataca
me ama
me passa, transpassa.
Me agarra
me usa
me abraça
me arrasta, com força.
Me apanha
me cansa
me ganha
me amansa, essa manha.
Me guarda, com esse sorriso no seu coração...

by Giu

quarta-feira, 10 de março de 2010

Quero voar...


Imagem by Tiago Palma



Ultimamente ando mais reflexiva que o "meu" normal, já que a frase que melhor se adequa à minha personalidade é "penso, logo existo". Mas, tem horas que enche o saco essa minha mania, quase uma obsessão de querer entender tudo. Um medo terrível de ser surpreendida, um desejo utópico de querer controlar a rosa dos ventos, as marés e o que tenho guardado no coração.

Até já sei que não se doma o mar e muito menos a disciplina do desejo. O que dizer então de certos amores e momentos que ficaram perdidos no tempo. E quando a gente menos espera submergem, devoram o pensamento e insistem em fazer morada no coração.

E tem os dias que começam com uma certa alegria, uma possibilidade de um encontro porque você ainda faz parte dos meus sonhos. Dias em que a sua presença é tão marcante que quase consigo te tocar, que vejo seu sorriso e sinto o seu olhar pousado em mim.

Mas a saudade aperta, esmaga e dilacera o coração. Ah! como eu queria te encontrar, nem que seja por uns momentos apenas, para ver se essa dor que carrego no peito fique menor ou que aumente tanto que eu nem consiga respirar, e assim eu possa me libertar dessa loucura que é ainda te amar.
Ou que eu desista de entender tudo e me permita voar...

by Giu

terça-feira, 9 de março de 2010

MOT 1



Nos entre meios dos seus beijos
Anseios
Receios
Do calor do teu abraço
Amasso
Cansaço
Da surpresa da sua coragem
Imagem
Viagem
Na adrenalina de correr risco
Pisco
Sisco
No satisfazer do seu prazer
Saber
esquecer
Na manhã seguinte
Requinte
Ouvinte
No beijo da despedida
Ida
Partida

by Salum H.

MOT


Imagem by Luiz

Impossível me desligar do seu olhar perseguidor
Caçador...
Aprovador...
Corre...me segue...persegue...
De longe me cuida...
Analisa e planeja...
Almeja?
Se aproxima e tenta
Atenta...
Aparenta...
Cede aos encantos...prantos...
Se entrega aos meus beijos...
Anseios...
Receios e devaneios...
Me abraça...amassa...
Ciúmes, cuidado...observa grudado
Propostas indecentes são feitas...
Aceitas...refeitas...
Emoção...
Aprovação...tentação ou tesão?
Você pede...repete...compete

by Salum H.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Longe...


Imagem by Salum H.

A minha janela está tão longe da sua
Não ouço os seus devaneios
Nem você os meus soluços
Amanhece e anoitece
A nossa distância continua...

by Giu

domingo, 7 de março de 2010

SE TU VIESSES VER-ME...


Imagem by Carlos Botelho

Florbela Espanca (Vila Viçosa, 8 de Dezembro de 1894 — Matosinhos, 8 de Dezembro de 1930), batizada com o nome Flor Bela de Alma da Conceição, foi uma poetisa portuguesa. A sua vida de trinta e seis anos foi tumultuosa, inquieta e cheia de sofrimentos íntimos que a autora soube transformar em poesia da mais alta qualidade, carregada de erotização e feminilidade.

Esse é um dos poemas que mais gosto...

SE TU VIESSES VER-ME...
(Florbela Espanca)


Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços...

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
E os meus braços se estendem para ti...

sábado, 6 de março de 2010

Tentação


Imagem by Pedro Palma

Resisti tanto tempo ao seu querer
À sua vontade de me ter
Acho que no fundo eu sabia
Como seria, a trama do desejo
O arder da nossa pele
Que seria perigo, campo minado
Já não consigo mais suportar
O peso e a densidade da nossa história
Penso em fugir, te deixar
Fingir que nada aconteceu
Porque por mais que eu te deseje
Você nunca será meu...

by Giu

sexta-feira, 5 de março de 2010

Suerte...!!!


by Jason Laimes

O sonho acabou
Em cada abraço insensato você me levava
E leva, não mais a delírios
Ao fascínio, mas a um mundo de estátuas e máscaras
Suas máscaras, que você agora tira
Suas atitudes, um imprevisível ator,
E eu assídua palhaça das suas desculpas.
Você me mostra neste instante os seus disfarces
Todos eles, um gentleman, um menino abandonado,
Um semi-deus, um homem, sem graça demais.
E a minha memória agora é um misto do que não foi
E do que podia ter sido
Sem graça demais...

by Giu

quinta-feira, 4 de março de 2010

Nas suas mãos...


Imagem by R B Morgan

Você me fala do desejo
Da sua vontade
E outras coisas mais
E eu já não consigo dizer não
E acabo sempre nas suas mãos...

by Giu

No mar...


Imagem by Vinicios Sales

E nas areias do mar quero relaxar...
Uma luta com o mar poder travar...
Suas ondas derrotar...
Acariciar...
Devorar...
Nos encantos da força da natureza
Poder aproveitar as belezas a mim dadas
Usá-las em forma de sentimentos
De poucos momentos...
Em movimento...
Nas ondas do mar me deliciar...
Brincar...
Beijar...

by Salum H.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Saudade...



Saudade...
Saudade do sorriso, do cheiro, do abraço
Saudade da sua voz, da sua "manchinha"
Saudade de te ter perto de mim e poder dizer TE AMO
Saudade de te abraçar, te beijar, te dengar
Saudade que me faz chorar
Saudade sem fim que só faz aumentar
Saudade que não passa nunca e não tem como acabar
Saudade...

by Giu

Uma crônica sobre o amor


Imagem by Raul Alexandre


Uma crônica de um amigo querido...que confia à mim os seus sentimentos...


A vida começa com o amor de duas pessoas, as quais provavelmente se amam. Em outros casos, mesmo que não gerada com amor, a vida tem início com o amor incondicional da mãe pelo filho.

Com o passar do tempo, a vida vai pregando-nos peças boas e ruins, mas, todas relacionadas ao amor.

Nos casos negativos como, quando alguém faz algo para nos prejudicar, ela está amando mais a algo do que ao irmão, como Deus nos ensinou. Mas, é amor.

Já as peças positivas são a expressão do amor puro em sua essência e, quando as pessoas colocam em prática o principal item dos dez mandamentos "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo", estão amando em sua plenitude.

Colocando isso em prática, todos ao seu redor vivem felizes.

Para amarmos plenamente precisamos entender como as coisas funcionam. As pessoas não funcionam como uma equação matemática, elas reagem a ações ou omissões. Tudo tem uma conseqüência.

Porém, quando amamos verdadeiramente, aceitamos as falhas do próximo e não lutamos contra aquilo, afinal está agindo àquela maneira por algum acontecimento pregresso, seja bom ou mau.

Quando amamos às vezes sufocamos e não permitimos que nossos amados respirem, ato essencial à vida e ao crescimento do ser humano. Ou seja, estamos agindo mal, abarrotando o outro de seqüelas difíceis de serem apagadas, mas erramos por excesso de amor.

Os pais são essenciais com seu amor para o desenvolvimento saudável de suas crias, no entanto, isso nem sempre acontece. Por amor e impulso, tomam decisões que contribuirão para o não crescimento saudável de seus rebentos.

O amor perdoa, permite a quem foi atingido por erros entender aos que os cometeram e amá-los ainda mais, não carregando qualquer tipo de mágoa e, ainda, se fortalecendo e crescendo por seu amor.

by Fausto Rezende

Um simples poema...


Imagem by Mariah

Num simples poema
Viajo em linhas
Me perco em palavras
Tropeço em pontos e vírgulas
Nestas linhas minhas
Me abro por completo
Sou eu mais eu
Só seu
Sentimentos afloram
Lágrimas correm
Sorrisos exalam
Esperanças morrem
Num simples poema
Me vejo em verso
Me vejo em prosa
Nestas linhas minhas
Me enrosco e provoco
Viagem e delírios
Sentimentos afloram
Feridas abertas
Cicatrizes concretas.

by Salum H.

terça-feira, 2 de março de 2010

Desejo...


Imagem by Luiz Aguiar

Seu telefone toca na madrugada
Mulher que toma aviões
Que decide o seu destino
E você se sente um menino
A casa vazia, liberdade momentânea
Você fica aos seus pés
Quando vê certa possibilidade
De tê-la em seus braços
Ainda que por um momento
Mas encontros furtivos exigem audácia
E como a vida não imita o cinema
O que resta?
Saudade...

by Giu

segunda-feira, 1 de março de 2010

DESORIENTAÇÃO


Imagem by José de Almeida & Maria Flores

Sou uma mulher de dimensões infinitas
De vontades passageiras
Sou dona da minha história
Mas ando tão perdida
Completamente desorientada
Quando sinto o teu desejo
A tua fome
O teu querer
Penso tanto em não te ver
Em sair da sua vida
Mas toda vez que tento
Parece que você adivinha
Me cerca por todos os lados
Me sequestra
Me ama
Acabo me entregando, extenuada
E deixo você me levar para a sua cama...

by Giu