terça-feira, 17 de agosto de 2010

Sem título, sem autor


Imagem by Internet


Porque achei lindo e me emocionou...


Hoje acordei pensando em você. Outro dia fui no Santíssimo, o mesmo cardápio, a cerveja de trigo, o mesmo filme no telão, as nossas risadas, o primeiro encontro. No café da República, peço o seu preferido, Irish Coffee, que saudade do seu "bigodinho" de chantilly. E quando eu perguntava "o que você quer comer?", você sempre dizia "o sonho do Mercado Municipal", e aí não tinha mais jeito, seu sonho era uma ordem.

Abro um livro do Carpinejar e recordo da sua eloquência ao descobrir um poeta, e ainda querer me catalogar nos conceitos do "Canalha", lembro como se fosse hoje você dizendo "Adoro você, sabe porque? Adoro canalhas honestos". E eu ficava doente por pensar que não sentia ciúmes de mim, sentia?

Fico pensando, o que você está fazendo agora? Sempre esqueço que além da distância, temos 1 hora de diferença, e me sinto um tolo por ficar pensando, lembrando, desejando que você estivesse aqui comigo. Te deixar dormindo e saber que estaria me esperando quando eu voltasse, me alegrava as horas intermináveis de negócios.

Sinto saudades de você zombando do meu medo de avião, do meu jeito de falar e da minha alpargata, que sei que adorava. Será que ainda pensa em mim? Eu penso em você, muito.



3 comentários:

  1. U-ummmmmmmmm...
    Que baita declaração.
    Achei lindo tb.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir